domingo, 7 de março de 2010

Novo endereço


Meu novo endereço, convido a visitar



tem post atualizado

O dia em que apareci no Jornal Nacional

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Um novo blog



seguindo a sugestão de amigos estou migrando para um novo endereço...um novo tempo em todos os pontos de vista...

um blog com carinha de site



venham me visitar...

domingo, 17 de janeiro de 2010

Os 4 filhos

No leito do hospital, liberada da UTI há menos de 24hs, fraquinha, respirando com dificuldade ela percebe os 4 filhos reunidos. Quero muito que tenha tido essa percepção, mesmo sem emitir um som diferenciado que não seja seus curtos gemidos, nem fazer um gesto com a mão caída sobre o colchão e inerte. Os meninos repetem o que os medicos falaram, as meninas rezam baixinho. Saem juntos os 4 irmãos para a pizza. Riem, conversam, declaram amor, lagrimas, discussão, raivas escondidas e declaradas, perdão, apaziguamentos. Na madrugada o telefone toca e avisa : ela voltou para UTI. Há poucos minutos mais um telefonema : ela se foi.
Ficam so os 4 irmãos com sua historia e muito a frente. Descanse em paz.
Léa Penteado Enviado do meu Blackberry

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Peixe pequeno

Andando na praia pela manhã surpreendo-me com cardumes de mini peixes fazendo a festa a beira mar. Milhares de peixinhos prateado em um grupo super organizado, dançando como os dervixes, num nado sincronizado. Entro no mar e tento desfazer o bloco dos peixinhos que continuam seguindo em bando. Passam pelas minhas pernas, fazem uma gostosa coceirinha e vão no movimento da maré. Alguns morreram na praia, pequenos demais ate para serem iscas de pescador, mas os que sobreviveram vão se tornar alguma coisa grande, ou quem sabe simples sardinhas. Como todos na vida, o futuro é incerto.
Léa Penteado Enviado do meu Blackberry

domingo, 10 de janeiro de 2010

Ponta de Santo Andre

Pode não ser o mar mais azul, apesar de assim ter sido ate agora, mas esse encontro do rio Joao de Tiba com o mar é um visual espetacular. Como sempre a natureza em sua plena exuberancia.
Léa Penteado Enviado do meu Blackberry

Nublou

60 dias sem chuva, quase 30 dias com mamãe vagando do quarto do hospital para UTI, o tempo nublou. Um verão de muito sol, mas dentro de mim nuvens negras e pesadas, prenúncio de tempestade. Total incoerência nestas férias entre desejos e realidades. Senhor seja feita a vossa vontade de sol ou de chuva. A natureza mostra que tudo se transforma e tem seu ciclo. Vou me ater a este pensamento e acreditar na plena transmutação.
Léa Penteado Enviado do meu Blackberry