sexta-feira, 20 de novembro de 2009

As coisas que jamais imaginei

Eu não sei se faz parte do meu signo ou do meu tipo no eneagrama, mas jamais planejei a vida. Tudo veio acontecendo. Algumas coisas pensei que seria bom ter e vieram depois de muito trabalho. E por não prever nem planejar o futuro jamais imaginei um dia estar viajando e teclando num aparelhinho como esse, plenamemte conectada com o mundo, mesmo que no meio de uma estrada. Santa tecnologia ! Todas as bençãos aos seus inventores.
Léa Penteado enviado do meu Blackberry

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Quando não sou eu

As vezes olho no espelho e não me vejo. Cabelos escuros, "trevas" (inverso das luzes), compridos, não sou eu ... Acabo de cortar os cabelos tão curtos que foram embora quase todos os escuros. Ficaram ainda mais brancos e isso não me espanta. A Bia, cabelereira japonesa, que um dia errou na dose e deixou meu cabelo azulado, ainda sugere passar uma henna. Não quero arriscar mais nada. Hoje eu acho que gosto dos meus brancos. Ate quando, não sei, mas agora ao me olhar no espelho me vejo inteira no meu tempo e idade.
Léa Penteado enviado do meu Blackberry

terça-feira, 3 de novembro de 2009

De volta a SP


Em algum momento que não lembro onde nem qual nem como, aprendi a ser adaptavel. Tem whisky, otimo, só tem cerveja, otimo tambem. Lembro que mudei de uma casa com 7 banheiros, piscina, sauna, com casa dos empregados com sala e 3 quartos, para em pouco mais de um ano morar num apartamento que era um tiquinho maior que o quarto de brinquedos do meu filho. Pulo de um lado para outro feliz. E é assim que volto para SP deixando a paz de Sto Andre, a sinfonia de pássaros, a rua de terra batida e empoçada com água da chuva, e em menos de 12hs estou na ante sala de uma reunião na Nestle. Sou uma porção de Leas e todas são imensamente felizes, harmonicas por mais dispares que possam parecer.

Léa Penteado enviado do meu Blackberry

De volta a SP

Em algum momento que não lembro onde nem qual nem como, aprendi a ser adaptavel. Tem whisky, otimo, só tem cerveja, otimo tambem. Lembro quando sai de uma casa com 7 banheiros, piscina, sauna, a casa dos empregados tinha sala e 3 quartos, e pouco mais de um ano depois eu morava num apartamento que era um tiquinho maior que o quarto de brinquedos do meu filho. Pulo de um lado para outro feliz. E é assim que volto para SP deixando a paz de Sto Andre, a sinfonia de passaros, a rua de terra batida e empoçada da agua de chuva para em menos de 12hs estar na ante sala de uma reunião na Nestle. Sou uma porção de Leas e todas são imensamente feliz, harmonicas por mais dispares que possam parecer.
Léa Penteado enviado do meu Blackberry