segunda-feira, 15 de junho de 2009

Panta Rei

Minha prima Thays, que conheci na infância e na maturidade nos reencontramos em afinidades, mandou as fotos abaixo. Um trabalho impressionante dos monges budistas que com cuidado e dedicação fazem mandalas de sal colorido para serem desmanchadas logo depois de prontas demonstrando a transitoriedade das coisas na vida. Um exercício para mostrar que mesmo que alguma coisa exija o maior esforço para ser feita, pode sumir como a fumaça no ar.
"Panta Rei" é uma expressão do pensador Heráclito, que significa 'TUDO MUDA' (tudo flui, nada persiste) – usada como metáfora filosófica o pisar num Rio que, num milésimo de segundo, depois de pisado, já não era mais feito da mesma água.
Como escreveu Lulu Santos “Nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia... tudo passa, tudo sempre passará... a vida vem em ondas como um mar... num indo e vindo infinito... tudo que se vê não é igual ao que a gente viu a um segundo.. tudo muda o tempo todo no mundo..."

Um comentário:

  1. Léa,´muito interessante,o pst.É REALMENTE ASSIM
    A VIDA.
    Eu também pensava que era o Lulú Santos o autor dessa canção.Adoro ela.Mas foi Nelson Mota Pode conferir.
    Parabéns por injetar vida às palavras.

    ResponderExcluir